Decisão consciente

November 28, 2014 0

Por ser a cirurgia plástica uma combinação de arte e ciência e, portanto, estar sujeita às variações dos mecanismos fisiológicos próprios de cada pessoa, torna-se importante a orientação a respeito de todas as alterações que irão ocorrer no corpo no período pós-operatório, para que se possa entendê-las e aceitá-las como ocorrências naturais

É muito importante estar ciente de que, na evolução de uma cirurgia, independente da tática, da técnica ou da habilidade do cirurgião plástico, a ação imprevisível de certos mecanismos fisiológicos pode comprometer o resultado final pretendido.

Existem diversas características orgânicas que se relacionam direta ou indiretamente com a cicatrização, tais como a espessura e textura da pele, as influências hereditárias, as influências hormonais etc. São características pessoais que também podem interferir no resultado, sem que nelas o cirurgião possa agir, levando ao aparecimento de cicatrizes inestéticas, alterações de pigmentação da pele, depressões ou ondulações nas áreas aspiradas etc.

Torna-se importante ressaltar que além das alterações locais citadas, outras, também imprevisíveis, menos frequentes, porém de maior gravidade, denominadas de alterações sistêmicas ou gerais, podem ocorrer, podendo comprometer, além dos resultados, a sua própria saúde.

Se o paciente seguir cuidadosamente as instruções fornecidas pelo cirurgião, estará certamente contribuindo sobremaneira para o sucesso da cirurgia. Nunca se pode esquecer, também, que a conduta de um cirurgião poderá diferir de outro e, como já foi dito, por ser a cirurgia plástica um misto de arte e ciência, cada profissional procurará fazer sempre o melhor para que seja alcançado o resultado planejado por todos antes do procedimento.

Geralmente, ao se procurar um determinado cirurgião, sem dúvida isso acontece com base em algum resultado apresentado por este profissional em pacientes anteriormente operados por ele. E as comparações dos resultados deverão ser feitas com outros pacientes do mesmo cirurgião e nunca com aqueles operados por um terceiro.

Resta lembrar que o diálogo com o seu médico antes da cirurgia terá grande importância para o esclarecimento de suas dúvidas. Lembre-se que a cirurgia plástica pode lhe proporcionar uma melhora do visual e a restauração do seu equilíbrio psicossomático, mas sem o alcance da perfeição. Esta não deverá ser exigida do cirurgião, haja vista que nem a própria natureza não conseguiu produzir a simetria entre os dois lados do nosso corpo.

Por fim, antes de julgar o cirurgião plástico por um aparente insucesso, aguarde pelo tempo previsto para a obtenção do resultado planejado, colaborando nos casos de possíveis correções (retoques).

Dr. Luiz Américo de Freitas Sobrinho
Cirurgião plástico – CRM 26545-SP